Dicotomias

Memórias, contos & Poesia

domingo, 29 de março de 2015

POEMA A SOFIA , no dia do seu Aniversário - por ´Hélder Gonçalves








Como um raio de luz, brilhaste um dia,

intensamente.

Do teu jeito, com fulgor - teu nome Sofia,

bem presente.

Arte, poemas, tudo o mais contigo aparecia,

como de repente..

Por magia e encanto, sentia-se amor, alegria-

abraço envolvente.

Mas ai! -  má sorte, nuvem negra  na poesia.

 Algo se pressente:

na tua partida sem adeus,  agora,sem alegria.

Contigo ausente,

eu espero  que voltes,  que aconteça tal magia,

Ficarei contente!






Hélder Gonçalves
Janeiro 2012
Dedicado a Sofia Rodrigues – uma grande poetisa




















A Sala do Tempo Parado

A Sala do Tempo Parado
Só quem não viveu não tem histórias para contar

Seguidores