Dicotomias

Memórias, contos & Poesia

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

O Teu Sorriso - por Hélder Gonçalves





Foto Hélder Gonçalves

O Teu Sorriso

Teu sorriso aberto de outrora
 Vãs esperanças semeavas
Laivos de alegria repartias
Em cores garridas da aurora
Sonhos - Tantos que criavas
Eu partilhava, depois sorrias!

Mas, Ai! – O tempo foi passando
Invernos gelados foram curtidos
Rejelando sonhos - Tudo consumio
Silêncios agora que vão ficando
Tudo por nós vivido e ninguém viu

Prenúncios, agora, no teu olhar
Murchas alegrias vais passando
O que não queres dizer por atenção
Folhas mortas caídas que vão ficar
Num amor que se vai desgastando
Em infinitos mistérios do coração




Hélder Gonçalves

Janº 2016

A Sala do Tempo Parado

A Sala do Tempo Parado
Só quem não viveu não tem histórias para contar

Seguidores