DICOTOMIAS

MEMÓRIAS, CONTOS E POESIA

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Mudança - por Hélder Gonçalves









Mudança

Teu sorriso aberto de outrora
 Vãs esperanças semeavas
Laivos de alegria repartias
Em cores garridas da aurora
Sonhos - Tantos que criavas
Eu partilhava, depois sorrias!

Mas, Ai! – O tempo foi passando
Invernos gelados foram curtidos
Prenúncios, agora, no teu olhar
Na memória gravadas, vão ficando
Recordações de momentos vividos
Tão pouco que já resta para guardar!





Hélder Gonçalves

Janº 2016

A Sala do Tempo Parado

A Sala do Tempo Parado
Só quem não viveu não tem histórias para contar

Seguidores