DICOTOMIAS

MEMÓRIAS, CONTOS E POESIA

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Sentimentos - por Hélder Gonçalves






A paixão é uma doença
Que se cura com aspirina
Casaco que no cabide esquecemos
Ali ficando, com indiferença
Perdendo-se na monótona rotina
Escapa sem nos apercebermos

Ao contrário – o amor verdadeiro
Que se aconchega e permanece
No coração, ficará para sempre
Sentimento perene - a tempo inteiro
Que se resguarda e mais se enobrece

 Ficará, e depois com ternura se lembre!



A Sala do Tempo Parado

A Sala do Tempo Parado
Só quem não viveu não tem histórias para contar

Seguidores