DICOTOMIAS

MEMÓRIAS, CONTOS E POESIA

terça-feira, 8 de março de 2016

MULHERES

            





Mulheres de todo o mundo:
Neste dia - Um   pensamento,
Julgo simples, mas profundo,
Aquilo que sois, o que valeis:
Lutas conseguidas – Tudo junto
Direitos e igualdade, nas leis

Batalhas travadas, sem desalento:
Na história ficará o que hoje sereis.
Depois do já alcançado, eu medito:
Naquilo que de bom foi conseguido
Liberdade conquistada - Acredito,
Tal como o homem - Agora seguireis!

Construindo novo mundo - Ficará escrito.
Também aqui vos exorto, pensai bem:
Contrapondo ao machismo – O feminismo,
Radicalismo - Do confronto nasce o restrito
Em oposições -  tudo mais que por aí vem,
Confinando-se depois, em igual  egoísmo.

A sociedade ficará melhor depois disto?
De exacerbadas posições a razão perdeu!
O Homem modifica-se -  A Sociedade também.
O Amor altera-se numa liberdade de risco,
Porque o papel de cada um, se perverteu,
No exagero daquilo, por bom, seria um bem.

A mulher é o centro da vida. Também do Amor.
Com sua eterna história e imensa sabedoria
É  Mulher, companheira, sobretudo nossa mãe,
Jamais alguém, tais factos, poderá contrapor,
Por falhos argumentos ninguém jamais arriscaria:
Porém, exageros feministas –  Não seriam um bem!




Hélder Gonçalves

Julho de 2013

A Sala do Tempo Parado

A Sala do Tempo Parado
Só quem não viveu não tem histórias para contar

Seguidores